AMARES: Orçamento de quase 17 milhões aprovado com reservas da oposição sobre o investimento   8 de Dezembro de 2017 / 00:16
A Assembleia Municipal de Amares aprovou esta quinta-feira, com oito abstenções, o orçamento da autarquia para 2018, no valor global de mais de 16 milhões e 700 mil euros. Segundo o presidente da Câmara, Manuel Moreira, o próximo ano terá um «forte investimento» por parte do Município, nomeadamente no alargamento da rede de saneamento e na requalificação da EB 2,3. A oposição mostrou reservas sobre algumas das obras programas, por considerar que algumas delas já foram feitas.

Tal como fizera na reunião do executivo, Moreira reiterou que o orçamento para 2018 «tem uma das taxas de investimento mais elevadas de sempre» do Município de Amares, que «representam 47% da despesa total», num ano que servirá para «executar grandes projectos».

Acrescentou que das despesas de capital sairão também as transferências para as Juntas de Freguesia com um valor superior a 600 mil euros e o valor comprometido com subsídios ao investimento para associações na ordem dos 160 mil euros.

Pela voz de José Antunes, o Movimento Amarense Independente e Solidário – MAIS lamentou que não tenha sido destinada uma verba mais elevada para a água pública, que considera «uma necessidade» em que é «preciso intervir».

«Os 79 mil euros darão para reparações e nada mais. É urgente fazer a substituição da conduta entre a Ponte do Bico e Ferreiros», lembrou, apelando a «contenção» de despesas, nomeadamente «com o pessoal político» e com eventos, para investir nessa área.

Sobre os investimentos programados, José Antunes questionou directamente Manuel Moreira se este rol inclui ou não obras já realizadas em 2017.

Este seria, aliás, um tema também sublinhado por Francisco Alves, do PS, que considerou os investimentos em equipamentos e rede viária como o «ponto mais crítico» deste orçamento.

«Boa parte desse investimento já foi executada em 2017, especialmente antes mas muito próximo das eleições. É algo que inflaciona este orçamento, anunciado como um dos maiores de sempre. Temos também muitas dúvidas quanto aos indispensáveis procedimentos administrativos que estão obrigadas a cumprir todas as obras públicas», vincou.

Entre as obras alegadamente já executadas, mas inscritas no plano para o próximo ano, está, segundo Francisco Alves, a pavimentação do acesso ao Monte de São Pedro Fins, em Caires.

Na última intervenção, Sérgio Sousa, do MAIS, chamou a atenção para aquilo que considera ser a falta de aposta na cultura, especialmente através da exploração de Sá de Miranda e António Variações.


MOREIRA CRISPADO

«Ainda não lhe passou a azia!», atirou Manuel Moreira, no momento de responder às intervenções dos deputados municipais, dirigindo-se a Francisco Alves, que pediu que o autarca fosse «mais educado».

Mantendo o tom crispado, o presidente da Câmara explicou que a obra do Monte de São Pedro Fins «ainda não foi paga totalmente porque ainda não está terminada», mas que Francisco Alves, «como nunca geriu nada, está sempre com dúvidas».

«Estamos todos de boa-fé e a trabalhar em prol do concelho. Não somos malandros! Se está assim tão preocupado, leve a questão ao Ministério Público», desafiou.


SAÍDAS DOS CHEFES DE DIVISÃO

Antes, ainda no período antes da ordem do dia, Manuel Moreira já endurecera o discurso para responder à socialista Ana Patrícia Ribeiro, que questionou as saídas de dois Chefes de Divisão, deixando no ar a ideia de que se tratariam de «ajustes de contas».

O autarca não gostou, garantiu que «não há ajustes de contas nenhuns» e sublinhou que esses são «actos de gestão», da sua competência, com o objectivo de «melhorar o serviço prestado aos amarenses».

Sobre Rodrigo Oliveira, que deixa as Obras Municipais, Ambiente e Saúde Pública, Moreira disse que «não foi o Chefe de Divisão que Amares precisa». «Como homem, dou 20 valores. Como Chefe de Divisão, cinco», atirou.

Também José Manuel Machado, que viu recentemente chegar ao fim a sua comissão de serviço como Chefe da Divisão de Urbanismo e Obras Particulares, «percebeu que o tempo dele já passou».

«Ele queria pedir a demissão, mas não aceitei», vincou, numa Assembleia Municipal longa, com cerca de três horas de duração, em que foram votados mais de 20 pontos.

---
Ricardo Reis Costa (CP 10478)
oamarense@gmail.com

Outras notícias da categoria regional:

. VALE DO HOMEM: Sócios da AEVH aprovaram criação de Sedes em Amares, Terras de Bouro e Vila Verde 12 de Dezembro de 2017 / 19:24
. VALE DO HOMEM: ISAVE, EPATV e MedicalNorte apoioam IPSS´s do distrito com formação e apoio técnico especializado / Protocolos assinados, esta manhã, com a União Distrital de Braga das IPSS´s 12 de Dezembro de 2017 / 15:18
. BRAGA: Julgamento retomado para um dos arguidos turcos que lucrava com casamentos falsos 12 de Dezembro de 2017 / 13:40
. Banda Filarmónica de Santa Maria de Bouro organiza concertos de Natal em conjunto com a Academia Allegro 12 de Dezembro de 2017 / 12:15
. Vereador do PS critica jantar de Natal organizado pelo Clube de Trabalhadores da Câmara de Terras de Bouro 12 de Dezembro de 2017 / 10:00
. VALE DO HOMEM: Associação Empresarial reúne Conselho de Administração e Assembleia-Geral hoje em Amares 12 de Dezembro de 2017 / 09:34
. Correios fazem greve antes do Natal 12 de Dezembro de 2017 / 09:07
. DORNELAS: Duas colaboradoras do Centro Social receberam diploma de certificação profissional 11 de Dezembro de 2017 / 17:43
. Operação “Polícia Sempre Presente: Festas Seguras 2017” arranca esta terça-feira em todo o País 11 de Dezembro de 2017 / 16:58
. SOLIDARIEDADE: Amarenses contribuíram para abastecer a “Arca dos Sonhos” 11 de Dezembro de 2017 / 16:42
. Banda de Amares realiza Concerto de Ano Novo no dia 7 de Janeiro 11 de Dezembro de 2017 / 16:14
. Coral Sinfónico de Natal em São Bento da Porta Aberta no próximo domingo 11 de Dezembro de 2017 / 15:40
. BRAGA: Tribunal julga três sucateiros suspeitos de emitirem facturas falsas de mais de 1 milhão 11 de Dezembro de 2017 / 14:27
. MAU TEMPO: Inundações, queda de árvores e viaturas danificadas foi o rasto deixado pela Tempestade Ana no Minho 11 de Dezembro de 2017 / 13:55
. Quatro trabalhadores que interpuseram recurso por causa dos recibos verdes já estão a ser notificados com a resposta da Autarquia de Terras de Bouro 11 de Dezembro de 2017 / 13:37
. GNR: 149 pessoas detidas em flagrante delito 11 de Dezembro de 2017 / 12:00
. MAU TEMPO: Automóvel danificado devido a queda de árvore em Figueiredo 11 de Dezembro de 2017 / 10:07
. Junta de Freguesia de Barreiros realizou o 4º almoço solidário de Natal 11 de Dezembro de 2017 / 10:02
. Natal no Hospital Central de Braga com 66 grupos de música e teatro 11 de Dezembro de 2017 / 09:07
. REGIÃO: Nova VMER do INEM em Braga já está na estrada 11 de Dezembro de 2017 / 08:22
. JS de Amares realizou Festa Solidária de Natal no Auditório Conde Ferreira 10 de Dezembro de 2017 / 18:48
. POLÍTICA: Juventude Popular Distrital de Braga junta-se em Amares 10 de Dezembro de 2017 / 16:25
. VILAR DA VEIGA: Junta e voluntários constroem presépio no Gerês 10 de Dezembro de 2017 / 12:31
. TEMPO: IPMA coloca oito distritos do norte e centro em alerta vermelho 10 de Dezembro de 2017 / 09:59
. SEQUEIROS (Amares): Com os olhos postos «no futuro», foi inaugurado oficialmente o Lar das Termas 9 de Dezembro de 2017 / 14:31
. FUTEBOL (I Divisão): FC Amares B e Aboim defrontam-se este sábado 9 de Dezembro de 2017 / 09:20
. Família amarense festejou à mesa quadra natalícia 8 de Dezembro de 2017 / 10:56
. TERRAS DE BOURO: Câmara e Bombeiros sensibilizam para a preservação da Natureza 7 de Dezembro de 2017 / 16:35
. AMARES: Valoriza diz que encontro micológico é iniciativa a repetir e pode tornar-se um festival 7 de Dezembro de 2017 / 14:12



« Voltar
 
 
 
O Amarense
PUB
O Amarense (c) 2017 | Todos os Direitos Reservados