Guimarães Jazz continua a fazer história   17 de Novembro de 2017 / 08:30
Depois de uma primeira semana preenchida por grandes atuações, é sempre bom recordar que o Guimarães Jazz vai a meio e que faltam ainda quatro grandes concertos para dar por terminada mais uma edição do histórico festival. Jan Garbarek, Allison Miller, Jeff Lederer/Joe Fiedler Quartet feat. Mary LaRose e Darcy James Argue’s Secret Society protagonizam a segunda ronda de espetáculos da 26ª edição do Guimarães Jazz.

O arranque da segunda semana do Guimarães Jazz – marcado para esta quinta-feira – testemunhará o regresso do saxofonista norueguês Jan Garbarek. Com uma longa carreira de quase cinquenta anos, não apenas no jazz mas também no campo da música clássica e da world music, Garbarek é hoje consensualmente reconhecido como um nome incontornável da música contemporânea. O quarteto com que se apresenta no Guimarães Jazz inclui alguns dos seus habituais colaboradores, nomeadamente o contrabaixista Yuri Daniel, o teclista Rainer Brüninghaus e o virtuoso percussionista indiano Trilok Gurtu. A sensibilidade musical de Jan Garbarek, centrada numa abordagem textural e abstratizante do jazz, encontra neste quarteto um ponto de confluência de linguagens capaz de criar uma música evocativa e expansiva, desenvolvida a partir de um diálogo aberto e sem fronteiras entre sons e idiomas culturais, e que constituirá, sem dúvida, um dos pontos altos desta edição do Guimarães Jazz.

Na sexta-feira, o palco do Grande Auditório do CCVF pertence a Allison Miller. Baterista de grande sensibilidade melódica e compositora talentosa com uma linguagem livre e flexível, Allison Miller é uma das mais proeminentes figuras da cena jazzística nova-iorquina da última década. A par de uma intensa atividade enquanto colaboradora de prestigiados músicos contemporâneos, Miller apresenta já um relevante currículo enquanto líder, sobretudo no contexto do grupo Boom Tic Boom, com o qual atuará no Guimarães Jazz. O álbum “Otis Was a Polar Bear” (2016) constituirá o foco principal de atenção deste concerto, onde Allison Miller se apresentará acompanhada de notáveis músicos. Desta formação, é legítimo esperar uma música vital e pulsante na qual as composições de Miller e a improvisação confluem harmoniosamente e desafiam os limites das convenções modernas sobre o que é ou o que pode ser o jazz hoje, no instável território da modernidade.

No último dia, sábado, estão programados dois concertos. Às 18h30, no Pequeno Auditório do CCVF, o Guimarães Jazz apresenta o concerto da formação de músicos que está responsável pelas oficinas de jazz e pelas jam sessions do festival. Jeff Lederer, saxofonista e clarinetista inovador e heterodoxo, e Joe Fiedler, um dos mais conceituados trombonistas norte-americanos da atualidade com uma impressionante carreira de mais de vinte anos, vão estar acompanhados pela vocalista nova-iorquina Mary LaRose, pelo jovem contrabaixista Nick Dunston e pelo consagrado baterista e compositor com uma já longa e prolífica carreira na música, George Schuller.

À noite, às 21h30, o Guimarães Jazz encerra, como habitualmente, em espírito celebratório, com a atuação de uma grande formação no Grande Auditório do CCVF. Com 18 músicos em palco, a Darcy James Argue’s Secret Society traz ao festival deste ano uma singular visão musical e artística. Darcy James Argue, jovem e idiossincrático compositor, tem-se revelado um dos valores emergentes do jazz contemporâneo e o trabalho que aqui estará em foco, “Real Enemies”, revela um compositor inquieto e vigilante, determinado a compor música comprometida com o presente da sociedade da arte. A estes valores que atestam a pertinência deste espetáculo acrescem as composições de elevada qualidade que elevam este projeto ao patamar da excelência artística. Assim termina mais uma fulgurante e histórica edição do Guimarães Jazz.

Os bilhetes para o Guimarães Jazz podem ser adquiridos nas bilheteiras do Centro Cultural Vila Flor, da Plataforma das Artes e da Criatividade e da Casa da Memória de Guimarães, bem como nas lojas Fnac e El Corte Inglês, entre outros pontos de vendas, e na internet em www.ccvf.pt e oficina.bol.pt

Redacção

Outras notícias da categoria nacional:

. Rui L. Reis recebeu em Londres um dos maiores prémios internacionais de Engenharia
. Português descobre circuito cerebral que prioriza acasalamento ao sono
. Professora da UMinho coordena Observatório das Comunidades Ciganas
. UMinho quer tornar as cidades “mais amigas” dos peões
. Resultados da autonomia curricular de 230 escolas apresentados na UMinho
. Têxteis Penedo espera gerar um milhão de euros por ano com tecidos que integram sistemas de iluminação
. Professor da UMinho premiado em Espanha
. CEB vai aumentar a eficácia e reduzir os efeitos secundários do fármaco para a artrite reumatoide
. Fundo Social de Emergência da UMinho apresentado no World Economic Forum
. Espetáculos e Oficinas de Férias brindam os mais novos com a energia criativa da música, do canto tradicional, da poesia e da expressão plástica, em Guimarães
. Aluna da UMinho premiada pela Associação Portuguesa de Tradutores e Intérpretes
. Portugueses na descoberta de mecanismo que pode combater fungo mortal
. Universidade do Minho tem o curso mais procurado do país
. UMinho com inscrições abertas para as provas dos maiores de 23 anos
. Biblioteca Pública de Braga evoca António José Saraiva
. José González-Méijome distinguido com Prémio de Mérito Científico da UMinho
. Joana Marques Vidal na UMinho para palestra sobre o Ministério Público em Portugal
. Fantasporto exibe 11 filmes de alunos da UMinho
. Sentença de Sócrates é conhecida a 23 e 24 de Fevereiro em Guimarães pela mão de Mickaël de Oliveira
. Software de spin-off da UMinho gere acervo de Siza Vieira
. UMinho é a mais ativa da Europa em desporto universitário
. UMinho propõe terapia capaz de controlar cancro do colo do útero
. Portugueses reescrevem a história genética da Índia
. João Pedro Vaz será o novo Diretor Artístico da “A Oficina”
. Competências transversais são as mais valorizadas no mercado de trabalho
. Centro de Computação Gráfica está a definir os padrões da condução do futuro
. UMinho quer alavancar bioeconomia do país
. Estudo pioneiro sobre tablets junta universidades do Minho e Harvard e a Microsoft
. BabeliUM da UMinho promove cursos para dez línguas estrangeiras
. UMinho estreia em Portugal exames de Chinês para os mais novos



Voltar
 
O Amarense
PUB
O Amarense (c) 2017 | Todos os Direitos Reservados