Cérebro de doentes obsessivos mantém conetividade atípica mesmo em repouso   18 de Setembro de 2017 / 10:08
Uma equipa liderada pelo Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) da Universidade do Minho mostrou pela primeira vez que o cérebro de doentes com Perturbação Obsessivo-Compulsiva (POC) apresenta padrões atípicos de conetividade mesmo quando está a descansar e que estes padrões se relacionam com alterações da própria estrutura cerebral. O estudo acaba de ser divulgado na revista “Translational Psychiatry”, do grupo Nature, podendo abrir pistas para o desenvolvimento de abordagens terapêuticas mais eficientes. Esta doença afeta 4.4% da população portuguesa.

Com recurso a uma abordagem baseada em ressonância magnética funcional, o grupo de trabalho analisou a atividade cerebral de doentes com POC e de indivíduos saudáveis, enquanto estes se encontravam num estado de repouso. Concluiu-se que as pessoas obsessivo-compulsivas têm uma menor sincronia cerebral em duas sub-redes principais: a primeira formada por regiões do córtice orbitofrontal, polos temporais e córtice cingulado anterior; a segunda constituída por regiões dos córtices sensoriomotor e occipital. “Esta configuração parece estar associada a um processamento emocional alterado nestes doentes, o que conduz a uma incapacidade de regular e diminuir a ansiedade provocada pelos pensamentos obsessivos”, explica Pedro Morgado, responsável pelo estudo e professor da Escola de Medicina da UMinho.

A investigação revelou, ainda, que esses doentes apresentam uma híper-sincronia numa rede constituída pelo tálamo e regiões occipitais. “Estes padrões estão relacionados com uma capacidade de tomada de decisão ineficiente, motivada por hábitos, e não por objetivos, que resulta de uma perceção inadequada da recompensa”, acrescenta o cientista. Os dados obtidos constituem um avanço significativo no estudo da POC, pois permitem uma maior compreensão da doença e o estabelecimento de terapias mais eficazes.

O estudo, intitulado “The neural correlates of obsessive-compulsive disorder: a multimodal perspective”, foi realizado por Pedro Moreira, Paulo Marques, Ricardo Magalhães, José Miguel Soares, Nuno Sousa (todos do ICVS), Carles Soriano Mas (Instituto de Saúde Carlos III, Espanha), além do coordenador Pedro Morgado.

Sobre a doença

A POC afeta entre 2 a 3% da população mundial. Caracteriza-se por pensamentos repetidos e intrusivos que causam ansiedade (obsessões) e provocam a necessidade de ações repetidas para aliviar o sofrimento (compulsões). Manifesta-se em todas as idades, sobretudo em adultos jovens, e afeta igualmente homens e mulheres. A Organização Mundial da Saúde considera-a uma das dez patologias mais incapacitantes na redução da qualidade de vida e dos rendimentos.

Redacção

Outras notícias da categoria nacional:

. Christopher Paul Stelling, hoje, no Theatro Circo num concerto único em Portugal 17 de Outubro de 2017 / 10:03
. Nova aplicação permite enviar sugestões aos autarcas 13 de Outubro de 2017 / 09:47
. “Do Bosque para o Mundo” explica às crianças a crise dos refugiados 12 de Outubro de 2017 / 08:52
. Guimarães na Europa das artes com novos projetos ligados ao Westway Lab, Novo Circo e CIAJG 10 de Outubro de 2017 / 09:02
. Air Play - Estreia e exclusivo nacional de um dos mais inovadores espetáculos de circo em Braga 9 de Outubro de 2017 / 08:59
. Orquestra Sinfónica Portuguesa toca, hoje, no Theatro Circo 6 de Outubro de 2017 / 08:52
. UMinho aprofunda relações com a Essilor 5 de Outubro de 2017 / 09:40
. Miguel Moreira e Romeu Runa apresentam “Operários” no palco que os viu crescer 29 de Setembro de 2017 / 10:06
. Candidaturas de acesso à UMinho para maiores de 23 anos já a decorrer 29 de Setembro de 2017 / 10:05
. Estudo sobre economia paralela dá prémio a investigadora da UMinho 26 de Setembro de 2017 / 09:52
. Festival de Outono da UMinho mostra a cultura em Braga, Guimarães e Monção 25 de Setembro de 2017 / 10:12
. Cientistas da UMinho abrem portas para a eletrónica do futuro 25 de Setembro de 2017 / 10:10
. Fibrenamics da UMinho reconhecida pela Comissão Europeia 19 de Setembro de 2017 / 09:33
. Mulheres ganham menos 24% do que os homens, conclui estudo da UMinho 18 de Setembro de 2017 / 10:09
. Música contemporânea cubana em Braga pela voz de La Dame Blanche, amanhã, dia 25 de Agosto 24 de Agosto de 2017 / 08:42
. Português lança primeiro livro sobre a economia da Fórmula 1 22 de Agosto de 2017 / 08:26
. UMinho lança seminário sobre maus-tratos a pessoas idosas 21 de Agosto de 2017 / 08:49
. UMinho promove encontro de antigos estudantes 16 de Agosto de 2017 / 08:49
. UMinho coordena projeto europeu de valorização de resíduos orgânicos 14 de Agosto de 2017 / 11:38
. Portugal fez a sua melhor classificação no maior concurso de chinês 9 de Agosto de 2017 / 08:40
. Associação Mundial de Investigação em Fibras Naturais nasce na UMinho 9 de Agosto de 2017 / 08:38
. Biblioteca Pública de Braga evoca Padre António Vieira 7 de Agosto de 2017 / 09:41
. Discursos presidenciais estão menos paternalistas 7 de Agosto de 2017 / 09:40
. Investigador da UMinho vence prémio europeu de cuidados paliativos 4 de Agosto de 2017 / 09:29
. Prémios Município do Ano entregues a 27 de julho no Fundão 24 de Julho de 2017 / 10:55
. Prémio Príncipe da Beira com candidaturas abertas 18 de Julho de 2017 / 10:49
. Futuros médicos da UMinho apoiam idosos isolados de Vila Nova de Cerveira 14 de Julho de 2017 / 08:43
. Prémio europeu atribuído a cientista da UMinho 14 de Julho de 2017 / 08:40
. UMinho no top 100 mundial em três áreas do Ranking de Xangai 13 de Julho de 2017 / 08:43



« Voltar
 
 
 
O Amarense
PUB
O Amarense (c) 2017 | Todos os Direitos Reservados