Redes de repositórios científicos alinham estratégias a nível mundial   23 de Maio de 2017 / 10:20
A Confederação Mundial de Repositórios de Acesso Aberto (COAR), liderada pelo português Eloy Rodrigues, da Universidade do Minho, promoveu um acordo para o “melhor alinhamento” das redes de repositórios científicos e académicos em todo o mundo. O documento foi assinado esta semana em Veneza, Itália, na reunião do COAR, com representantes de África do Sul, América Latina, Austrália, Canadá, China, EUA, Europa e Japão.


O objetivo é estreitar as relações entre redes de repositórios nacionais e regionais, identificando princípios comuns e áreas de colaboração que conduzirão ao desenvolvimento de serviços globais. A iniciativa visa ainda enquadrar atividades específicas como a troca de metadados entre diferentes redes ou a adoção/implementação de diretrizes, interfaces e funcionalidades partilhadas.

“Temos a visão comum de uma infraestrutura de Ciência Aberta distribuída e baseada na comunidade, a nível mundial. Mas para alcançar esta visão temos que trabalhar ainda mais juntos”, referiu Eloy Rodrigues, que é também diretor dos Serviços de Documentação da UMinho. Nas próximas semanas serão definidos entre os parceiros os vários níveis de colaboração, “para posicionar os repositórios como a base de um espaço de conhecimento global e comum”.

Os milhares de repositórios existentes em todo o mundo têm um papel crescente no apoio ao Acesso Aberto e à Ciência Aberta. Oferecem acesso a artigos científicos, a dados de investigação e a outros conteúdos, em redes nacionais e regionais com diretrizes e serviços virados para as suas comunidades. No entanto, face à natureza internacional da investigação científica, “é fundamental trabalharem em conjunto para garantir em simultâneo a sua interoperabilidade” transnacional, realçou Eloy Rodrigues.

Redacção

Outras notícias da categoria nacional:

. Rui L. Reis recebeu em Londres um dos maiores prémios internacionais de Engenharia
. Português descobre circuito cerebral que prioriza acasalamento ao sono
. Professora da UMinho coordena Observatório das Comunidades Ciganas
. UMinho quer tornar as cidades “mais amigas” dos peões
. Resultados da autonomia curricular de 230 escolas apresentados na UMinho
. Têxteis Penedo espera gerar um milhão de euros por ano com tecidos que integram sistemas de iluminação
. Professor da UMinho premiado em Espanha
. CEB vai aumentar a eficácia e reduzir os efeitos secundários do fármaco para a artrite reumatoide
. Fundo Social de Emergência da UMinho apresentado no World Economic Forum
. Espetáculos e Oficinas de Férias brindam os mais novos com a energia criativa da música, do canto tradicional, da poesia e da expressão plástica, em Guimarães
. Aluna da UMinho premiada pela Associação Portuguesa de Tradutores e Intérpretes
. Portugueses na descoberta de mecanismo que pode combater fungo mortal
. Universidade do Minho tem o curso mais procurado do país
. UMinho com inscrições abertas para as provas dos maiores de 23 anos
. Biblioteca Pública de Braga evoca António José Saraiva
. José González-Méijome distinguido com Prémio de Mérito Científico da UMinho
. Joana Marques Vidal na UMinho para palestra sobre o Ministério Público em Portugal
. Fantasporto exibe 11 filmes de alunos da UMinho
. Sentença de Sócrates é conhecida a 23 e 24 de Fevereiro em Guimarães pela mão de Mickaël de Oliveira
. Software de spin-off da UMinho gere acervo de Siza Vieira
. UMinho é a mais ativa da Europa em desporto universitário
. UMinho propõe terapia capaz de controlar cancro do colo do útero
. Portugueses reescrevem a história genética da Índia
. João Pedro Vaz será o novo Diretor Artístico da “A Oficina”
. Competências transversais são as mais valorizadas no mercado de trabalho
. Centro de Computação Gráfica está a definir os padrões da condução do futuro
. UMinho quer alavancar bioeconomia do país
. Estudo pioneiro sobre tablets junta universidades do Minho e Harvard e a Microsoft
. BabeliUM da UMinho promove cursos para dez línguas estrangeiras
. UMinho estreia em Portugal exames de Chinês para os mais novos



Voltar
 
O Amarense
PUB
O Amarense (c) 2017 | Todos os Direitos Reservados