Professor da UMinho é o primeiro português a presidir à European Public Choice Society   12 de Maio de 2017 / 10:59
Francisco Veiga, professor catedrático da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, acaba de ser eleito presidente da European Public Choice Society (EPCS), que integra membros de mais de 30 países. É a primeira vez que um português lidera esta associação em 45 anos de existência. A eleição foi anunciada no encontro anual da EPCS, em Budapeste, na Hungria. “Esta nomeação representa uma honra e um reconhecimento da investigação realizada durante cerca de 20 anos nas áreas da economia política e das escolhas públicas. Para o biénio 2017-2018 pretendemos contribuir para a afirmação deste domínio, atrair jovens cientistas e zelar pelo sucesso das conferências da EPCS”, afirma o docente de 48 anos.

Francisco Veiga conta com a colaboração dos membros da comissão diretiva Niclas Berggren (Research Institute of Industrial Economics, Suécia), Lisa Chauvet (Universidade Paris-Dauphine, França), Michael Dorsch (Universidade da Europa Central, Hungria), Raphaël Franck (Universidade Hebraica de Jerusalém, Israel), Martin Gassebner (Universidade de Hannover, Alemanha), Sílvia Marchesi e Paola Profeta (ambas da Universidade de Milano-Bicocca, Itália), Monika Köppl-Turyna (Universidade de Viena, Áustria) e Linda Veiga (UMinho).

Criada em 1972, a EPCS tem como principal objetivo promover a investigação científica sobre a análise económica e interdisciplinar das instituições e dos processos de decisão externos ao mercado, bem como facilitar o intercâmbio de trabalhos e ideias sobre os mesmos. As suas conferências contam com cerca de 350 especialistas de vários continentes.

Francisco Veiga, natural de Lisboa, licenciou-se em Relações Internacionais pela UMinho e doutorou-se em Economia pela Universidade da Carolina do Sul (EUA). É membro do Conselho Geral da academia minhota, do Núcleo de Investigação em Políticas Económicas (NIPE) da mesma instituição e do corpo editorial do European Journal of Political Economy, além de autor de dezenas de artigos publicados em prestigiadas revistas internacionais. Ao longo dos últimos anos assumiu a coordenação do NIPE, do Departamento de Economia da UMinho, dos cursos de doutoramento, mestrado e licenciatura em Economia e de vários projetos financiados pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. As suas atividades de ensino e investigação centram-se nas áreas da economia política e da macroeconomia.

Redacção

Outras notícias da categoria nacional:

. Rui L. Reis recebeu em Londres um dos maiores prémios internacionais de Engenharia
. Português descobre circuito cerebral que prioriza acasalamento ao sono
. Professora da UMinho coordena Observatório das Comunidades Ciganas
. UMinho quer tornar as cidades “mais amigas” dos peões
. Resultados da autonomia curricular de 230 escolas apresentados na UMinho
. Têxteis Penedo espera gerar um milhão de euros por ano com tecidos que integram sistemas de iluminação
. Professor da UMinho premiado em Espanha
. CEB vai aumentar a eficácia e reduzir os efeitos secundários do fármaco para a artrite reumatoide
. Fundo Social de Emergência da UMinho apresentado no World Economic Forum
. Espetáculos e Oficinas de Férias brindam os mais novos com a energia criativa da música, do canto tradicional, da poesia e da expressão plástica, em Guimarães
. Aluna da UMinho premiada pela Associação Portuguesa de Tradutores e Intérpretes
. Portugueses na descoberta de mecanismo que pode combater fungo mortal
. Universidade do Minho tem o curso mais procurado do país
. UMinho com inscrições abertas para as provas dos maiores de 23 anos
. Biblioteca Pública de Braga evoca António José Saraiva
. José González-Méijome distinguido com Prémio de Mérito Científico da UMinho
. Joana Marques Vidal na UMinho para palestra sobre o Ministério Público em Portugal
. Fantasporto exibe 11 filmes de alunos da UMinho
. Sentença de Sócrates é conhecida a 23 e 24 de Fevereiro em Guimarães pela mão de Mickaël de Oliveira
. Software de spin-off da UMinho gere acervo de Siza Vieira
. UMinho é a mais ativa da Europa em desporto universitário
. UMinho propõe terapia capaz de controlar cancro do colo do útero
. Portugueses reescrevem a história genética da Índia
. João Pedro Vaz será o novo Diretor Artístico da “A Oficina”
. Competências transversais são as mais valorizadas no mercado de trabalho
. Centro de Computação Gráfica está a definir os padrões da condução do futuro
. UMinho quer alavancar bioeconomia do país
. Estudo pioneiro sobre tablets junta universidades do Minho e Harvard e a Microsoft
. BabeliUM da UMinho promove cursos para dez línguas estrangeiras
. UMinho estreia em Portugal exames de Chinês para os mais novos



Voltar
 
O Amarense
PUB
O Amarense (c) 2017 | Todos os Direitos Reservados