UMinho em destaque nos rankings mundiais   28 de Abril de 2017 / 08:37
A Universidade do Minho é uma das 150 melhores universidades jovens do mundo, revela o “Times Higher Education Young University Ranking 2017”. A academia minhota está nesta elite mundial pelo quinto ano consecutivo, reconfirmando o seu prestígio e a sua estratégia realista de crescimento com qualidade e de afirmação internacional, envolvendo os seus membros. Lançado em 2012, este ranking evidencia as instituições de ensino superior com menos de 50 anos que já atingiram um nível global de excelência nas várias vertentes da sua missão (ensino, investigação, inovação e internacionalização). A lista usa os 13 indicadores do ranking mundial da Times Higher Education, recalibrados para o perfil de instituições jovens. A tabela é liderada pela Escola Politécnica Federal de Lausanne (Suíça), seguindo-se a Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong (China) e a Universidade Tecnológica de Nanyang (Singapura).

A UMinho surge igualmente destacada no ranking global “U-Multirank 2017”, com nota máxima em oito indicadores, sobretudo nas dimensões da investigação, internacionalização e envolvimento regional. Nesta quarta edição, confirma ainda a excelência em três indicadores da investigação: publicações científicas, publicações interdisciplinares e proporção de pós-doutoramentos face ao total do pessoal académico.

A importância da UMinho no envolvimento regional mereceu três notas máximas, em particular a colaboração com empresas e organismos da região para realizar estágios dos seus alunos e a percentagem dos seus graduados que obtiveram o primeiro emprego na região. A avaliação da internacionalização foi também reforçada, juntando aos dois indicadores com nota máxima (pessoal académico com origem internacional e publicações em colaboração internacional) os indicadores de estudantes em mobilidade e de percentagem de doutoramentos de estudantes estrangeiros. Em 2017, além de ter mais um indicador com nota máxima, a UMinho sobe as pontuações médias na internacionalização e no envolvimento regional.

O U-Multirank, cofinanciado pela União Europeia, usa uma abordagem multidimensional através da análise comparativa do desempenho das instituições em cinco níveis (de Muito bom a Fraco). No presente estudo foram avaliadas mais de 1300 instituições de ensino superior de 90 países.

Redacção

Outras notícias da categoria nacional:

. Rui L. Reis recebeu em Londres um dos maiores prémios internacionais de Engenharia
. Português descobre circuito cerebral que prioriza acasalamento ao sono
. Professora da UMinho coordena Observatório das Comunidades Ciganas
. UMinho quer tornar as cidades “mais amigas” dos peões
. Resultados da autonomia curricular de 230 escolas apresentados na UMinho
. Têxteis Penedo espera gerar um milhão de euros por ano com tecidos que integram sistemas de iluminação
. Professor da UMinho premiado em Espanha
. CEB vai aumentar a eficácia e reduzir os efeitos secundários do fármaco para a artrite reumatoide
. Fundo Social de Emergência da UMinho apresentado no World Economic Forum
. Espetáculos e Oficinas de Férias brindam os mais novos com a energia criativa da música, do canto tradicional, da poesia e da expressão plástica, em Guimarães
. Aluna da UMinho premiada pela Associação Portuguesa de Tradutores e Intérpretes
. Portugueses na descoberta de mecanismo que pode combater fungo mortal
. Universidade do Minho tem o curso mais procurado do país
. UMinho com inscrições abertas para as provas dos maiores de 23 anos
. Biblioteca Pública de Braga evoca António José Saraiva
. José González-Méijome distinguido com Prémio de Mérito Científico da UMinho
. Joana Marques Vidal na UMinho para palestra sobre o Ministério Público em Portugal
. Fantasporto exibe 11 filmes de alunos da UMinho
. Sentença de Sócrates é conhecida a 23 e 24 de Fevereiro em Guimarães pela mão de Mickaël de Oliveira
. Software de spin-off da UMinho gere acervo de Siza Vieira
. UMinho é a mais ativa da Europa em desporto universitário
. UMinho propõe terapia capaz de controlar cancro do colo do útero
. Portugueses reescrevem a história genética da Índia
. João Pedro Vaz será o novo Diretor Artístico da “A Oficina”
. Competências transversais são as mais valorizadas no mercado de trabalho
. Centro de Computação Gráfica está a definir os padrões da condução do futuro
. UMinho quer alavancar bioeconomia do país
. Estudo pioneiro sobre tablets junta universidades do Minho e Harvard e a Microsoft
. BabeliUM da UMinho promove cursos para dez línguas estrangeiras
. UMinho estreia em Portugal exames de Chinês para os mais novos



Voltar
 
O Amarense
PUB
O Amarense (c) 2017 | Todos os Direitos Reservados