UMinho lança programa pioneiro que acelera o emprego de finalistas e recém-diplomados   24 de Março de 2017 / 08:45
A Universidade do Minho lançou um programa, pioneiro em Portugal, para acelerar o emprego dos seus alunos finalistas e recém-diplomados. Chama-se JobLab e quer encurtar o tempo entre o final do curso e o ingresso no mercado, permitindo aos interessados fintarem o desemprego e exercerem atividades profissionais ligadas às suas áreas e interesses. O programa inclui dez sessões coletivas e individuais, durante dois meses e meio, capacitando cada pessoa consoante o seu perfil comportamental, com vista a candidaturas eficazes e direcionadas a novos contextos e locais. “Não oferecemos nem garantimos empregos. Fazemos ao contrário: criamos uma estrutura sólida na pessoa para que as instituições a queiram recrutar e precisem das suas mais-valias”, explica Paulo Silva, da TecMinho, a interface da UMinho que promove o JobLab. “Na prática, a pessoa mostra que tem valor a acrescentar à organização ou, então, pode apostar em formatos em que não haja propostas laborais, aumentando assim a probabilidade de contratação”, realça.

O JobLab avalia na etapa inicial o perfil comportamental da pessoa. Por exemplo, se está mais orientada para relações humanas ou para processos. “É como tirar Medicina e poder ser investigador em vez de médico, mas só perceber após vários anos de profissão que se fez a opção errada. A avaliação evita assim estas situações e ajuda a refletir o que realmente nos move”, refere Paulo Silva. Com base nesse perfil, os interessados definem metas profissionais sólidas, são dotados de ferramentas práticas, como coaching e programação neurolinguística, e recebem técnicas de abordagem ao mercado, desde recolha de informação relevante, fontes eficazes de recrutamento e redes de contactos com potenciais empregadores.

“Esta abordagem começa antes da preparação do currículo ou da candidatura a uma oferta laboral. Queremos que as pessoas se conheçam melhor em termos de perfil e encarem o mercado em função disso”, justifica Paulo Silva. Os alunos finalistas estão já a ser alvo de reuniões de esclarecimento, articuladas pelos núcleos dos cursos. Para os recém-diplomados há três sessões de apresentação: a 28 de março, às 15h00 e 19h00, no edifício dos Congregados, no centro de Braga, e a 30 de março, às 22h00, pela internet, sendo as inscrições em bit.ly/apresent-joblab-tecminho. O programa é aberto a finalistas e recém-diplomados de licenciaturas, mestrados integrados, especializações e mestrados da UMinho.

Redacção

Outras notícias da categoria nacional:

. Rui L. Reis recebeu em Londres um dos maiores prémios internacionais de Engenharia
. Português descobre circuito cerebral que prioriza acasalamento ao sono
. Professora da UMinho coordena Observatório das Comunidades Ciganas
. UMinho quer tornar as cidades “mais amigas” dos peões
. Resultados da autonomia curricular de 230 escolas apresentados na UMinho
. Têxteis Penedo espera gerar um milhão de euros por ano com tecidos que integram sistemas de iluminação
. Professor da UMinho premiado em Espanha
. CEB vai aumentar a eficácia e reduzir os efeitos secundários do fármaco para a artrite reumatoide
. Fundo Social de Emergência da UMinho apresentado no World Economic Forum
. Espetáculos e Oficinas de Férias brindam os mais novos com a energia criativa da música, do canto tradicional, da poesia e da expressão plástica, em Guimarães
. Aluna da UMinho premiada pela Associação Portuguesa de Tradutores e Intérpretes
. Portugueses na descoberta de mecanismo que pode combater fungo mortal
. Universidade do Minho tem o curso mais procurado do país
. UMinho com inscrições abertas para as provas dos maiores de 23 anos
. Biblioteca Pública de Braga evoca António José Saraiva
. José González-Méijome distinguido com Prémio de Mérito Científico da UMinho
. Joana Marques Vidal na UMinho para palestra sobre o Ministério Público em Portugal
. Fantasporto exibe 11 filmes de alunos da UMinho
. Sentença de Sócrates é conhecida a 23 e 24 de Fevereiro em Guimarães pela mão de Mickaël de Oliveira
. Software de spin-off da UMinho gere acervo de Siza Vieira
. UMinho é a mais ativa da Europa em desporto universitário
. UMinho propõe terapia capaz de controlar cancro do colo do útero
. Portugueses reescrevem a história genética da Índia
. João Pedro Vaz será o novo Diretor Artístico da “A Oficina”
. Competências transversais são as mais valorizadas no mercado de trabalho
. Centro de Computação Gráfica está a definir os padrões da condução do futuro
. UMinho quer alavancar bioeconomia do país
. Estudo pioneiro sobre tablets junta universidades do Minho e Harvard e a Microsoft
. BabeliUM da UMinho promove cursos para dez línguas estrangeiras
. UMinho estreia em Portugal exames de Chinês para os mais novos



Voltar
 
O Amarense
PUB
O Amarense (c) 2017 | Todos os Direitos Reservados